Os remparts de Saint Malo

Neste postal: Saint Malo, uma antiga fortaleza medieval na Bretanha à beira mar.

saint malo

O centro histórico dessa interessante cidade na Bretanha que é cercada por uma muralha. Foto: Camila Marquim.

Saint Malo é uma cidadezinha na Bretanha (já falei da Bretanha aqui ó: Apresento-lhes a Bretanha) que tem um monumento histórico do século XIII, as remparts. As remparts são umas muralhas que serviam de proteção pra cidade que fica coladinha com o mar.

Saint Malo é uma cidade, como eu acho que deve haver várias na Bretanha (digo várias porque só conheço umas 4 cidades na região) que é litorânea, mas tem uma ‘pegada’ bem diferente pra nós brasileiros. Isso porque, apesar de estar no litoral, estive lá no mês de junho e ainda não estava quente o suficiente pra tomar banho, se bronzear, mas essa é a pegada da Bretanha, pelo visto: muitos barcos e a diversão é fazer barco à vela, andar de bicicleta, etc e tal… Tem muitos restaurantes legais de frutos do mar, tem muitas creperias. Aliás…

Você sabia que a especialidade dos bretões é o crepe?

saint malo

Olhem que charme essa creperia bretã na topo das muralhas e com uma vista de tirar o fôlego pro mar? Pena que não deu certo de comermos aí, mas na próxima ela não me escapa! Foto: Camila Marquim.

Os bretões são famosos pelos crepes, então se você for à Bretanha não deixe de experimentar os crepes deles, são beeem deliciosos e tem um gostinho diferente dos crepes ‘não-bretões’.

A tal da mouette.

Lá estava eu beeem feliz andando pelo centro histórico de Saint Malo e achando aquilo tudo beem lindo quando vejo uma ave de porte médio sobre uma mesinha de um dos restaurantes da praça central. Achei o máximo e tirei essa foto dessa ave que achei parecido com pelicano ou sei lá que ave litorânea.

saint malo

Apresento-lhes a mouette, minha desilusão amorosa de Saint Malo.. Foto: Camila Marquim.

E aí começamos a passear pelos remparts da cidade. Você sobe as muralhas e vai tendo umas vistas bem diferentes da cidade lá embaixo e do mar do outro lado, do porto. Eis que começo a me dar conta que essa tal ave estava por todos os lados. Meus amigos explicaram que é a “mouette” e ele é uma espécie de pombo daquela região: está por todos os lados. Aí segundos depois vi um bando deles revirando no lixo. Com a diferença que eles são beeem maiores que um pombo meu amor com aquela ave acabou ali, na hora!

Eles tem casas de pedra, os bretões. E elas tem nomes!

A cidade é uma graça e vale à pena você percorrer as muralhas vendo ela de cima e seus detalhes pitorescos… Como outras cidades na Bretanha as casas são feitas em pedra, os esportes náuticos predominam, tem coisas escritas na antiga língua local: o bretão… Ai, muitas maravilhas nesse lugar.

saint malo

Eu amo essa foto! Sabem porquê? Porque ela tem casas de pedra, uma placa ali do lado esquerdo com dizeres em bretão e esse caminhão de quebra pra deixar o cenário ainda mais incrível! Foto: Camila Marquim.

Tem uma parte mais moderna da cidade mas a pegada é mais ou menos a mesma. Um detalhe que eu achei o máximo: as casa tem nomes! Não é legal isso?!

saint malo

Em cima da porta, reparem que tem o nome da casa. A casa pode ter o nome da família ou ou outro nome que os donos escolham. Foto: Camila Marquim.

Sou muita suspeita pra falar, mas eu tenho um carinho todo especial pela Bretanha. Então deixo as fotos falarem por mim (pra vocês verem que não sou tendenciosa :P)

saint malo

A parte interna da muralha, que recomendo que você suba pra ter uma visão aérea da cidade. Foto: Camila Marquim.

saint malo

A parte mais moderna da cidade com suas casas (de pedra) e coloridas. Foto: Camila Marquim.

 

Encore mille mercis à  tous mes amis Albanette, Valetin, MM e Ségo Rousse, et um spécial à Ségolène, ma belle blonde qui m’a permit découvrir un peu plus la Bretagne. Grâce à elle, j’ai eu la meilleure guide touristique de la Bretagne. (e isso aqui é meu agradecimento aos meus amigos e em especial à minha amiga Ségo que me convidou pra ir a Bretanha e não mediu esforços pra me apresentar as maravilhas do lugar).

saint malo

Ségo & eu nos remparts de Saint Malo. Graças à ela, e mais toda minha trupe de amigos, eu conheci esse cantinho da Bretanha.

Você pode gostar...