Um creme chantilly no Castelo de Chantilly

Neste postal: separei as coisas que mais me chamaram atenção no Castelo principal e nos jardins pra mostrar pra vocês. Ah, não deixem de comer o creme de chantilly em Chantilly, não importa quão árduo será conseguir esse néctar dos deuses! ;)

castelo chantilly

Os portões de entrada pra esse deslumbre de castelo. Foto: Camila Marquim.

O castelo principal

Pra quem gosta de castelos com histórias interessantes, eu achei que Chantilly não é o top dos tops. Tem outros castelos mais importantes em termos históricos:

Fontainebleau:

E nos arredores de Paris – Fontanebleau e Napoleão

Versailles:

Encantos de Paris: Palácio de Versailles

Grand Tianon e Petit Trianon – 2 joinhas de Versailles

Dicas pra se dar bem em Versailles

Chambord (no Vale do Loire, que eu estou pra escrever sobre há sééculos pra vocês, mas ainda não rolou a inspiração)

castelo chantilly

Albane & moi tendo essa vista linda de boas-vindas ao castelo. Foto: Mando um Postal.

Pra quem gosta de ver coisa bonita, aí sim: Chantilly é um deslumbre! ;) Então vamos às coisas que eu adorei no castelo principal.

  • A sala de estudos com seus 19000 livros (dos quais 1500 manuscritos)
  • A sala dos macacos: toda decoradada com macaquinhos nas paredes e mobília
castelo chantilly

Tão vendo os macaquinhos ali no papel de parede e nesse objeto que eu não sei pra quê serve? Foto: Camila Marquim.

  • A sala de jantar com uma enooorme mesa
  • A coleção de orbas de arte numa sala que mais parece que você se teletransportou para o Louvre

Os jardins

castelo chantilly

Ah, e de quebra os jardins tem cisnes por todos os lados! ;) Foto: Camila Marquim.

Os jardins de Chantilly são um arraso. Existem pelo menos 3 grandes jardins e eu não sei se é porque é começo de primavera e quando sai um sol a gente fica louco pra estar debaixo dele, mas achei que a parte externa consegue ser mais encantadora que o interior do castelo em si. Portanto, meu conselho é: reserve mais tempo pra área externa que interna do castelo. Então vamos aos jardins de Chantilly!

  • Um nos fundos do castelo com fontes e espelhos dágua
  • Um outro junto de uma espécie de mini-vila no campo. Que também tem um restaurante mimoso onde começou meu caso de amor com o chantilly do qual falarei mais ali embaixo.
castelo chantilly

Essa vila é uma coisa que dá vontade de morar lá, gente! Foto: Camila Marquim.

castelo chantilly

Até córrego com mini-moinho tinha! Foto: Camila Marquim.

  • E um jardim inglês do outro lado da propriedade
castelo chantilly

Deu pra entender porque eu me apaixonei pelos jardins? Cada lugar mais incrível que o outro! Foto: Camila Marquim.

O ideal é separar um dia inteiro pra ir lá saindo de Paris. Isso porque o castelo fica a uns 45 minutos de Paris e tem muitas coisas pra se ver por lá que eu nem falei aqui nesse postal, como os estábulos e os shows com cavalos.

Um creme de chantilly, por favor!

Eis que já estávamos mortos com farofa de andar pelo castelo e pelos jardins quando decidimos parar pra comer algo. Eis que me dou conta que em Chantilly só tem barraquinha de sorvete e restaurantes. Não tinha uma barraquinha legal com uns lanches, sabe? Um sanduíche, umas batatas fritas, etc e tal.  Decidimos pegar a fila do restaurante na vila  linda e maravilhosa e sentar pra comer algo, mortos de fome como estávamos.

castelo chantilly

Vai uma sobremesa à base de chantilly aí?! Foto: Camila Marquim.

Passamos mais de 1hora entre fila, sentar e a atendente vir tirar o nosso pedido. Já estávamos roxos de fome. É aí que ela anuncia:

- Não estamos mais servindo pratos. Só sai sobremesas à base de chantilly à essa hora.

Essa era uma notícia bem ruim se vocês levarem em conta que passamos mais de 1 hora pra sentar e sermos atendido e nesse meio tempo vimos quase todos os pratos do cardápio desfilarem na nossa frente. Detalhe: a galera é malvada e colocam a gente pra fazer a fila ao lado da cozinha, então você fica vendo os pratos serem preparados.

A fome era tanta que dissemos pra trazer as sobremesas à base de chantilly mesmo.

Eu nunca fui fã de chantilly, mas já que estava ali, nera? E eis que elas chegam  e eu começo a experimentar minha torta de morangos com chantilly…

castelo chantilly

Sorvete de frutas vermelhas com chantilly, torta de morango com chantilly e framboesas com chantilly! Foto: Camila Marquim.

Que delícia! Não tinha o gosto daqueles chantilly que eu comi antes. Era docinho, era uma coisa maravilhosa! E foi aí que começou meu caso de amor com o chantilly: em Chantilly!

Dica de amiga: leve um lanchinho na bolsa ou reserve um dos restaurantes do complexo com antecedência. ;)

 

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Cristiane disse:

    Olá Camila,
    Nooossssa que vontade !!! Deve ser o verdadeiro Chantilly não é mesmo. Eu amo castelos, mas só consegui conhecer Versailles e nem foi por inteiro, porque paga p/ ir nos jardins, paga p/ castelo, paga por departamento…rsrsrrs. Mas já fiquei feliz com o deslumbre de Castelo e sua história.
    Queria ter conhecido a cidade, mas fica p/ outra vez.
    PS.: Como eles conseguem ter um morango tão vermelinho assim ? Os morangos do Brasil são tão clarinhos, parece que tiram antes do tempo ?
    Beijos e bom Dia !

    • camila disse:

      Oi, Cristiane!

      Eu acho que o chantilly que comemos eh algo industrializado e esse daqui era artesanal, com mais gosto, sabe? Uma pena que você so conseguiu ver um pedaço de Versailles, mas o: fica o planejamento prq ver o resto e outros castelos, tipo Chantilly. Na vida a gente tem de ter sonhos! ;)
      O morango além de ser mais vermelhinho é mais docinho também. Eu acho que é o clima daqui que é mais propicio pro morango. E igual eles quererem plantar mangas ou abacaxis por aqui: não tem o mesmo gosto como no Brasil, entendes?

      Beijão!