Colônia, eu te amo, mas teu metrô…

Neste postal: um desabafo. Me perdi zilhões de vezes, não sabia comprar os tíquetes de metrô, uma confusão só. Eu e o sistema de transporte de Colônia é uma combinação que simplesmente não deu certo. Cola nas minhas (poucas) dicas pra você se dar melhor que eu, amigão…

catedral colonia

A Catedral de Colônia e toda a cidade são super agradáveis e acolhedoras. Já com o metrô… Não consegui me entender! Foto: Camila Marquim.

Se você chegou aqui agora e tá por fora do que rola nesse blog, vou explicar: eu “debutei” minhas viagens na Alemanha com Colônia, uma cidade mais pro norte do país. Ela é linda e eu fiquei completamente encatanda com a gentileza e simpatia dos alemães que encontrei por lá, como já contei aqui: Os alemães, uma atração à parte em Colônia.

Mas nem tudo numa viagem são flores, né?! A minha foi excelente (muuuuito melhor do que eu esperava) mas teve uma enxaqueca monstra num dia e o metrô de Colônia todos os dias….

O metrô que quase me enlouquece!

O sistema de transporte é uma loucura e eu até agora não consegui entender como funciona. Me perdi umas 4 vezes linda. Errava o bilhete pra comprar, errava a linha pra pegar, errava a estação. Errava tudo! Até que teve um dia que eu errei tanto que quase desisto do metrô e digo: vou pegar um táxi. Mas quando pensava: e como pegar um táxi?! Aí voltei pro metrô e tentei resolver o quebra cabeças. Kakakakaka

colonia

Com meu troféu: um bilhete de metrô!!! Ali atrás o painel que me confundiu to-di-nha! Foto: Camila Marquim.

Os ônibus eu nem arrisquei. Fiquei com o desafio do metrô mesmo. O negócio que me complicou foi: diferentes linhas param na mesma estação. Então não é difícil você entrar no metrô errado sem querer. Tá tudo explicadinho lá na tela, mas quem disse que sem saber 1 palavra de alemão você sabe distinguir os números?!

Nessas horas número da linha, quantos minutos faltam pra ela chegar e em que plataforma ela vai chegar são informações que você confunde. É tudo 1 número do lado de um nome gigantesco em alemão! Tanto fazia eu entender que o trem 4, chega em 3 minutos, na plataforma 8, como eu entender tudo ao contrário: trem 8 chega em 4 minutos, na plataforma 3. Avaliaram o problema?!

colonia alemanha

A paisagem mais famosa de Colônia: essa ponte e a Catedral ao fundo. Foto: Camila Marquim.

Mas esse é um tipo de problema que só existe depois que você passou o desafio comprar o bilhete. Ah, meus amigos, aqui reside um grande problema. Existem vários tipos de bilhete e nenhuma explicação sobre qual é qual pra você, turista.

O que eu consegui entender:

Pra ajudar quem vai à Colônia aí vai o que eu consegui desvendar (que não é muita coisa, mas o que vale é a intenção, gente).

  • Se você vai andar entre 1 e 4 estações existe o bilhete de viagem curta. Ele custa 1,80. Se você vai andar mais que isso custa 2,80.
  • O seu bilhete impresso tem validade de 90 minutos, se não usou, perdeu playboy! Então já sabe: só compre na hora de usar!
  • Se você compra seu bilhete na maquininha que fica na plataforma ele já é válido. Se compra com o moço numa estação tem de validar numa máquina vermelha quando entra no metrô.
  • Aparentemente tem possibilidade de comprar bilhete pra andar ilimitado o dia todo, mas nem tentei.

Esse foi o pedaço que eu não curti em Colônia. Sem contar que tem estação que não tem máquina pra comprar o bilhete. Você paga como, pelamor?!

Vale ressaltar: é tudo muito livre, nada de catracas, portas, mas tem gente que entra no metrô pra conferir seu bilhete válido, viu?! Entçao não recomendo bancar o espertinho.

Dicas sobre o metrô devidamente dadas, volto em breve com um postal contando o que tem pra fazer lá em Colônia. Tem taaanta coisa legal, gente! Entre teleféricos, catedral, salsichas, cervejas, perfumes e chocolates, Colônia vai conquistar vocês, tenho certeza!

Até breve! 

Você pode gostar...