Para Recife com amor.

Você pode gostar...

16 Resultados

  1. Erik Alan disse:

    Adorei! Morei em São Paulo um período. E a parte que você visita o Recife Antigo antes da viagem eu passei igual! Parabéns!!! E volte logo. Visse?

  2. Marcia Braga disse:

    Não achei a “homenagem” muito legal não…pelo contrário, achei que desvalorizou muito Recife, colocando-a como uma cidade digna de pena. Morei na Europa por muitos anos, estive em Paris inclusive, certamente que a história é muito mais rica do que a nossa, mas não acho válida uma comparação como a que vc fez. Estou planejando me mudar para Recife, no momento moro em Brasília, Recife foi a cidade que mais me interessou no país, sabe por quê? Porque na Europa, apesar dos lindos monumentos, da cultura, da riqueza, da organização e segurança, não há o mesmo calor humano (em Paris então…), a mesma alegria, descontração. Gostei muito de morar fora, mas estando no Brasil, quero viver num lugar que compense a introspecção do europeu, por isso escolhi Recife, pois tenho amigos lá que me disseram que o povo é extremamente receptivo, a cultura é fantástica, praias lindas e comida maravilhosa. Se vc quis homenagear Recife, ao menos para mim, não soou como tal. Você rebaixou a sua cidade, que me parece ser muito bacana. Chega do complexo de brasileiro de achar que tudo no exterior é perfeito e o nosso não presta. Temos pontos positivos muito valiosos.

    • camila disse:

      Olá, Márcia!

      Entendi o seu ponto e concordo com ele quando você fala que: “Chega do complexo de brasileiro de achar que tudo no exterior é perfeito e o nosso não presta. Temos pontos positivos muito valiosos”. Tenho a mesma opinião que você.

      A idéia do texto é justamente pegar os pontos em que a cidade seria “rebaixada” pelo senso comum e mostrar que ela tem seu valor, mesmo nas coisas que não são tão legais. Como recifense de coração, me sinto muito à vontade pra achar minha cidade linda e mais ainda pra ter senso crítico sobre seus problemas e expô-los. Eu dizer que o centro de Recife não é tão limpo quanto boa parte das cidades européias é um fato. Que a Europa tem mais História também é fato (temos ‘só’ 500 anos). Que os prédios antigos da Boa Vista estão aos pedaços é outro fato.

      O texto ironiza no sentido de que essas características, ditas como ‘ruins’, são exatamente o que faz da minha cidade o que ela é: um ser vivo lindo e cheio e defeitos ao mesmo tempo. Elas são a identidade de Recife, fazem dela única e especial. Eu brinco ao dizer que “nem se compara”. Aos olhos da razão, Recife ter várias caracterísitcas ditas negativas, fariam dela uma “pobre coitada” em relação à outras cidades. Mas mesmo com essas características todas ela é uma cidade maravilhosa pra mim! E olhe que nem mencionei as boas características de Recife, como as que você citou – o povo acolhedor, as praias…

      Abraços e espero que Recife te acolha de braços abertos! 😉

  3. Igor Vanderlei disse:

    Como Recifense morando em Paris, compartilho seu sofrimento, não tem cidade mais massa que meu berço!

  4. renata maria disse:

    Adorei Camila!
    Emocionei-me ao ler seu artigo! Paris é linda mas Recife… Sem comparação! Também sou do Recife. Não há lugar como nossa casa!!
    cheiro
    Renata Maria

  5. netocwb disse:

    Vou visitar Recife agora em abril/2014, estou louco para passear no rio com o catamarã!

  6. Evaldo Marquim disse:

    Bonita homenagem! continue nos premiando com seus textos.d

  7. planejoviajar disse:

    Bonita Homenagem! Concordo plenamente! Curte a estadia em Paris, porque o Brasil e o Recife sempre vão estar por lá te esperando! Abraço! Ana Beatriz

  1. 4 de abril de 2014

    […] uns que são só sentimento como O charme de Porto Alegre: 6 passeios tudo de bom! ou Para Recife com amor. Tem outros que são pei-buf, praticidade na veia: London Pass. Tem aqueles que são mais […]

  2. 6 de fevereiro de 2015

    […] Sabe quando você volta pra sua terra depois de um tempo fora?! Foi essa a emoção de estar em Recife, a cidade do meu coração. Se você não sabia que o Mando um Postal tem sangue recifense venha aqui: Recife, meu lugar no mundo, e aqui: Para Recife com amor. […]

Fala aí

%d blogueiros gostam disto: