Espanha mais fácil para Brasileiros

Você pode gostar...

3 Resultados

  1. Mateus disse:

    O tratamento discriminatório revolta. Parecido com o que já vimos uma vez na vida pelo menos. Tipo: quando um(a) vendedor(a) te olha dos pés a cabeça tentando adivinhar o seu poder aquisitivo(ou conta bancária), pelas suas vestimentas. Esse tratamento eu repudio.
    A rigidez vem mais de uma revolta histórica, mas pensando bem. É bom mesmo que eles venham para cá gastar o euros e dólares que lhes restam. E ai sim podermos aplicar bem esse dinheiro: educação, infra-estrutura, transporte e saúde, para o bem da população.
    O bom disso tudo é que estamos deixando ser uma “formiguinha perto do elefante”.

  2. Obrigada pela visita e sua opinião, Mateus! =)

    A minha impressão é que antes havia motivos para eles dificultarem, mas hoje em dia, com a onda de desemprego na Europa e especialmente na Espanha, não vejo tanto motivo para toda essa rigidez. Vamos ver como fica na prática essa ‘simplificação’ dos procedimentos, já que só foi feito um anúncio oficial.

    Os EUA já estão mais receptivos, até deram uma agilizada nos procedimentos de visto, talvez seja uma tendência. É de conhecimento de todos que brasileiro é super consumista e quando viaja gasta mesmo. também se sabe que o paí vem mudando muito e diminui o n° de pessoas procurando fazer a vida lá fora.

    O que, de fato, mais me assustou foi o tratamento dado às pessoas que não estavam com ‘tudo nos conformes’. Por mais que haja problemas com a documentação e uma provável má-fé da pessoa, todos merecem um tratamento digno. Isso é o mínimo.

  3. Mateus disse:

    Eu prefiro entrar pela Itália ou Inglaterra.
    Agora que os espanhóis estão precisando do nosso dinheiro, lembraram dos brasileiros. Assim o Brasil pode exigir bem mais de outros países que complicam a entrada (EUA por exemplo).

Fala aí

%d blogueiros gostam disto: